IRPF 2017: confira dúvidas e respostas que ajudam a PME

A Receita Federal sabe de tudo. Hoje existem cada vez mais mecanismos para cercar a movimentação do dinheiro. Bancos, cartórios, prestadores de serviços e a emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NFe), por exemplo, mantêm a Receita informada, alimentando o sistema do Imposto de Renda 2017 com os dados necessários para o cruzamento de declarações. Por isso, você que administra uma Pequena e Média Empresa (PME) ou contribui pelo Simples Nacional deve estar atento ao IRPF 2017. O IR é cobrado sobre os rendimentos tributáveis: salário, pensão (alimentícia, por morte), aluguéis, rendimento autônomo.

A vantagem de hoje pode ser o seu CPF ou CNPJ na malha fina amanhã. Então, fuja de velhos hábitos e mitos da declaração. Não adianta sacar todo o dinheiro da poupança antes do dia 31 de dezembro para depois depositá-lo no dia 2 de janeiro do ano seguinte. Também é ineficaz tentar mascarar o superávit na venda de imóveis. Se o bem foi comprado por R$20.000,00 e ficou valorizado ao longo dos anos, passando a valer R$200.000,00, o lucro deve ser informado na venda. Não adianta passar a escritura em cartório com o valor de R$100.000,00. O Leão sabe de tudo e pode rugir para você quando menos esperar.

Para fazer tudo certo no IRPF 2017, confira nove perguntas e respostas que ajudarão você que é PME ou MEI (Micro Empresário Individual) a não cair na malha fina.

#1 O que muda no imposto de renda 2017?

[corte]

#2 Quem deve declarar no IRPF 2017?

[corte]

#3 Quem está isento no imposto de renda 2017?

[corte]

#4 O que é deve fazer quem é PME: declarar como pessoa física ou jurídica?

[corte]

#5 Para sócios, como declarar a participação na empresa como pessoa física? Devo declarar como lucros e dividendos?

[corte]

#6 Como é feita a declaração para quem contribui pelo Simples Nacional? 

[corte]

#7 O que caracteriza e como declarar dependentes no imposto de renda de 2017?

[corte]

#8 Como organizar despesas com saúde e validá-las no IRPF 2017?

[corte]

#9 Quais devem ser as minhas preocupações, enquanto PME, quanto à previdência privada?

[corte]

Agora você já pode se sentir preparado para a declaração. Lembre-se de que, fazê-la o quanto antes é também garantia de não cair na malha fina. As garras do leão estão cada vez mais afiadas. [corte]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s